A Arte de Delegar


Um dos aspectos da liderança é a capacidade de delegar responsabilidades aos discípulos em potencial. Infelizmente, muitos líderes cometem erros ao delegar, e como resultado, não reproduzem bons líderes. Delegar é uma arte em que aprendemos a confiar nos outros. Às vezes pensamos que ninguém pode fazer o trabalho melhor do que nós, mas é necessário delegar e confiar em nossos alunos, mesmo sabendo de antemão que eles vão cometer erros, pois isso faz parte do processo.


25"Moisés escolheu homens capazes dentre todo o Israel, e os pôs por cabeças sobre o povo, de milhares, de centenas, de cinqüenta e de dez. 26E eles julgaram o povo em todos os tempos, a questão difícil, eles trouxeram a Moisés, e todo o negócio pequeno julgaram eles mesmos. "Êxodo 18,25, 26

O que queremos delegar?

  • Autoridade: direito legal delegado de exercer o domínio, apoiado pelo poder. É o direito legal de agir em nome de outra pessoa em uma empresa, ministério ou organização. A autoridade deve ser entregue em particular e também publicamente, para que outras pessoas possam reconhecê-lo e enviá-lo. Qualquer autoridade delegada baseia-se na apresentação.
  • Responsabilidade: A autoridade delegada implica responsabilidade, isto é, a pessoa tem um trabalho a fazer, e deve se comprometer a completar.

É importante que o líder saiba

  • Delegar conforme a disposição e a capacidade da pessoa.
  • Delegar de acordo com o Dom e/a paixão da pessoa, colocando-o na posição correta. Deus nos deu dons segundo a paixão e o talento de cada pessoa.


O que Jesus estava fazendo quando delega autoridade aos seus discípulos?

  • Ele deu instruções específicas: como, quando, o quê, onde, o porquê de trabalho. Isso evita problemas futuros.

5"Estes doze enviou Jesus, e deu instruções, dizendo: "Não vão aos lugares onde vivem os não-judeus, nem entrem nas cidades dos samaritanos, 6Pelo contrário, procurem as ovelhas perdidas do povo de Israel. 7Vão e anunciem isto: “O Reino do Céu está perto.” 8Curem os leprosos e outros doentes, ressuscitem os mortos e expulsem os demônios. Vocês receberam sem pagar; portanto, dêem sem cobrar. " - Mateus 10,5-8

É importante que o aluno aprenda os seguintes princípios:

  • Prestar contas: Todo bom discípulo, depois que ele delegou autoridade e responsabilidade, deve informar e prestar contas de seu trabalho.

17"Os setenta e dois voltaram muito alegres e disseram a Jesus: —Até os demônios nos obedeciam quando, pelo poder do nome do senhor, nós mandávamos que saíssem das pessoas!" Lc 10:17

  • A responsabilidade e a autoridade são delegadas: Isso significa que você não deve abusar delas. Sua autoridade baseia-se na apresentação e no relacionamento saudável com o seu líder. Se o discípulo de revolta contra o seu líder perde a autoridade. A rebelião não deve ser permitida sob qualquer circunstância em uma organização.
  • O compromisso primordial do discípulo é servir a fim de aliviar a carga do líder: A autoridade que o discípulo recebe é a fim de servir ao povo e não para satisfazer seus próprios interesses.

17"... E levarás contigo a carga do povo, e não a levarás sozinho." Números 11.17

  • Depois de Deus, devemos nossa fidelidade e lealdade ao nosso líder: A lealdade é importante nos negócios, na igreja, fora da igreja, em casa, entre outros.
  • Manter um coração ensinável e disposto a disciplina: Quando você cometer um erro, o discípulo/aluno deve aprender a aceitar a correção.

Share/Bookmark

0 comments:

Twitpic

As melhores frases do Twitter (na minha opinião...)

Total Pageviews

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP